• Tipo:
  • Gênero:
  • Categoria:

LIVES

12/10/20 (Segunda, 18h)

Tema:
Produção de Filmes Educativos para a Infância | Lançamento Online do longa-metragem O que queremos para o mundo?

Participantes:
Igor Amin
Vinicius Cabral
Milena Megrè
Malu Teodoro
César Piva

Apresentação:
Sebastian Caetano


Link de acesso:
www.youtube.com/poloaudiovisual/live

Ementa:
A Live irá lançar a programação da Ocupação Educativa “De Bem com a Tela” no Mês das Crianças no Polo Audiovisual TV, com uma conversa sobre Audiovisual, Infâncias e processos de produção de um filme educativo.

Será lançado o longa-metragem “O que queremos para o mundo?” no formato online, com a presença da equipe do filme, como o diretor e produtor Igor Amin, o roteirista e produtor Vinicius Cabral, a diretora de fotografia Malu Teodoro, e a atriz Milena Megrè. O live contará também com a presença de César Piva, coordenador do Polo Audiovisual TV e o apresentador Sebastian Caetano.
21/10/20 (quarta, 19h)

Tema:
Disciplina Positiva no Mundo das Telas

Participantes:
Lídia Lino e Igor Amin

Apresentação:
Sebastian Caetano
Link de acesso:
www.youtube.com/poloaudiovisual/live

Ementa:
A live irá refletir sobre propostas de intervenções amigáveis para lidar com o mundo das telas na relação Familiares e Crianças. A Disciplina Positiva é uma abordagem que busca educar as crianças com firmeza e gentileza, evitando posturas punitivas e ofertas de recompensas. A comunicação-não violenta entre pais e filhos já tem nome: trata-se da disciplina positiva.
28/10
(quarta, 19h)

Tema:
Equidade Racial, Infância e Telas

Participantes:
Mayan Maharishi e Igor Amin

Apresentação:
Sebastian Caetano
Link de acesso:
www.youtube.com/poloaudiovisual/live

Ementa:
A live irá debater sobre uma desigualdade racial estrutural nos conteúdos audiovisuais produzidos para as crianças no Brasil. As crianças e sua diversidade são pouco retratadas em desenhos animados e filmes produzidos nacionalmente. Ainda não existe uma igualdade real de condições e oportunidades no mundo das telas para as crianças se assistirem, assim como ocuparem este lugar como um meio para expressão do que querem para o mundo.

Scroll to top