• Tipo:
  • Gênero:
  • Categoria:

A trajetória do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais teve início há 18 anos, com a inauguração, em Cataguases, do Centro Cultural Humberto Mauro (CCHM), na sede da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, entidade de responsabilidade social e cultural do Grupo Energisa.

O movimento começou como uma homenagem ao cineasta Humberto Mauro, que produziu na cidade seus primeiros filmes (entre 1925 e 1930), tornando-se reconhecido como o precursor do cinema brasileiro.

Junto com a inauguração do CCHM, em 2002, nascia o sonho de valorizar o legado cultural histórico de Cataguases e transformá-lo em motor contemporâneo para alavancar um novo ciclo de desenvolvimento na região. A proposta mobilizou importantes agentes e instituições culturais, educacionais, empresarias e governamentais da região por meio de um “Programa de Cultura e Desenvolvimento Local Sustentável”, lideradas, desde então, por Mônica Botelho, diretora-presidente da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho.

A consolidação desta Rede de Cooperação local resultou na constituição, em 2008, do Polo Audiovisual da Zona da Mata MG, um arranjo produtivo local original e inovador, um empreendimento que conquistou projeção como um dos principais centros de formação e produção audiovisual no Brasil.

 Desde então, foram realizadas 20 grandes produções cinematográficas na região, que passam a gerar centenas de postos de trabalho, renda, novos empreendimentos e relevantes impactos na economia da Zona da Mata mineira.

 Nos próximos dois anos, entre 2020 e 2022, esse número de produções irá se repetir na região, com a realização de 17 projetos audiovisuais, entre longas-metragens de ficção, animação, documentários, séries para TV, desenvolvimento de núcleos criativos, produção de jogos eletrônicos e comercialização.

Esses projetos foram selecionados por meio do Edital Coinvestimentos Regionais que, por meio de uma parceria inédita no país, envolve a Agência Nacional de Cinema (ANCINE) e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata MG (APOLO), a Prefeitura Municipal de Cataguases, Governo do Estado de Minas Gerais e o Grupo Energisa.

POLO AUDIOVISUAL DA ZONA DA MATA DE MINAS GERAIS

SITE: http://www.poloaudiovisual.org.br/

FACEBOOK:  @poloaudiovisualzonadamatamg

INSTAGRAM: @polo_audiovisual

Next Post

CINE FIQUE EM CASA

Scroll to top